quarta-feira, 8 de março de 2017

CONFLITOS BÍBLICOS: IR NO VELÓRIO X NÃO IR NO VELÓRIO



 No livro de "Eclesiastes" fala que é melhor irmos em uma casa de luto do que em uma festa, mas Jesus disse que é para os mortos enterrarem seus próprios mortos, afinal de contas, será que a Bíblia é um livro em que mostras vários caminhos certos, e você escolhe o caminho que quiser, ou é o livro que mostra só um caminho? Descubra nessa série de estudos.
No livro de Eclesiastes diz: "É melhor ir a uma casa onde há luto do que a uma casa em festa, pois a morte é o destino de todos; os vivos devem levar isso a sério!"
Eclesiastes 7:2, nesse versículo entendemos que seria melhor ir em um velório do que em uma festa, ou também em uma casa que acabou de perder um ente querido, mas Jesus diz: Mas Jesus lhe disse:   Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai. Mas Jesus lhe disse: Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos. Mateus 8: 21-22" nesse entendemos que Jesus disse que é contra ir no velório.
Quando Eclesiastes diz que é bom ir em velório, quer dizer que é uma oportunidade de momento de reflexão, e também é um momento de a pessoa dar apoio aos parentes do falecido (a), tem casos de pessoas que saíram de religiões porque quando perdeu um ente querido os membros da igreja não foram no velório e não deram apoio, algo totalmente errado, devemos ajudar uns aos outros nos momentos difícil "isso é igreja". 
Quando o homem disse que teria que enterrar o pai na verdade o pai não tinha acabado de falecer, já fazia vários anos que ele tinha morrido, é que o corpo estava na sepultura e ele iria tirar o corpo de lá e colocar em um lugar menor, igual acontece no Brasil, repare em que momento algum a Bíblia relata o homem chorando ou triste, deveria estar tinha acabado de perder o pai. Jesus disse aquilo porque sabia que aquele homem não tinha superado a perda do pai, e falou para ele segui - ló para assim ser curado daquele momento de dor.
Assim também é nos dias atuais, várias pessoas atualmente no Brasil estão em depressão porque perderam o ente querido á vários anos atrás, mas Jesus não quer que vivamos uma vida infeliz, devemos superar as perdas, isso faz parte da vida. Jesus morreu na Cruz por nossos pecados e deixou o Espírito Santo, que também é consolador, se você está sofrendo por causa da perda de um ente querido, siga em frente não morra junto com seu parente, peça ajuda a Jesus, peça que o Espírito Santo seja o seu consolador e ajude a superar a perda, e siga em frente com sua vida, porque a vida é curta.
Jesus abençoe a todos.

Veja o vídeo:



A paz, Marcos Pontal.
Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai".
Mas Jesus lhe disse: "Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos".
Mateus 8:21,22
Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai".
Mas Jesus lhe disse: "Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos".
Mateus 8:21,22

quarta-feira, 1 de março de 2017

CONFLITOS BÍBLICOS: A PAZ DO SENHOR X GUERRA DO SENHOR

Vários versículos da Bíblia, muitas das vezes nos confundem, um versículo que aparentemente mostra para seguirmos um caminho outro versículo mostra outra caminho, mas aprenda nessa série de estudos, que na verdade só existe um caminho para seguir, e que a Bíblia não é um livro que você escolhe o caminho que quiser mas um livro que te mostra só um caminho.
No evangelho de João 14:27 diz: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.", porém no livro de Mateus, capítulo 10:34 diz: "Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;" mas em João 16:33 nos diz:"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo."
A paz que está dizendo em
João 14:27 é uma paz interior e não exterior como muitos entendem, em João 16:33 essa guerra são os conflitos de ser cristãos, perseguição, preconceito de ser fiel a palavra, mas mesmo com as perseguições, os cristãos fieis tem uma paz interior, que só Espírito Santo pode nos dar.
O Espírito Santo nos consola nos momentos de perseguição e também de perdas da vida, se você teve uma perda da vida a muitos anos atrás e não consegue aceitar, aceite a perda (porque isso faz parte da vida) e peça a Deus força para seguir em frente, que ele te ajudará.

Veja o vídeo:



A paz, Marcos Pontal.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Religiosidade

Hoje vivemos em um evangelho mais preocupado em ter novos "membros" do que levar a palavra de Deus e isso é preocupante. Paulo disse:
"Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?
Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais?
Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um?
Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.
Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.
Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. 1 Coríntios 3: 3-8"
Devemos viver um evangelho de Cristo e não de religião, seguir os ensinamentos da Bíblia no Novo Testamento e sermos seguidores de Cristo.

Vejam um vídeo que fiz vários anos atrás sobre isso:




A paz, Marcos Pontal.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Estudo contemporânea de Oséias



Você teria coragem de resgatar sua esposa de um prostíbulo?


Hoje em dia vemos várias pessoas se divorciarem por motivos pequenos, se você está pensando em divórcio leia essa matéria.

Deus fala para Oséias se casar com uma prostituta, porém Deus faz isso para mostrar para o povo que do mesmo jeito que Oséias perdoou a sua esposa por ter traído ele e virado prostituta, Deus também perdoaria a todos que o abandonou se eles pedissem perdão a Deus.

Mas comparado com o que é ensinado no Novo Testamento, Deus jamais falaria para nenhum Cristão casar com uma prostituta (Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas? 2 Coríntios 6:14), nesse caso se um cristão se interessasse por uma prostituta, ele teria que convidar ela para entregar sua vida a Jesus e abandonar essa vida, e depois dela ter realmente se convertido, ai sim pediria para orar e depois noivar.


No evangelho que vemos no Brasil, jamais um pregador aconselharia alguém a lutar pelo seu casamento nessa situação, vivemos num evangelho de “milagres rápido e fácil” e isso é preocupante.

O que a bíblia diz sobre isso?

De acordo com a Bíblia, para Deus, o ideal é que não haja traição e que, havendo, o perdão seja liberado. Mas, por causa da dureza do coração do homem da sua incapacidade de perdoar, o traído pode divorciar-se e casar-se de novo (Jesus respondeu: "Moisés permitiu que vocês se divorciassem de suas mulheres por causa da dureza de coração de vocês. Mas não foi assim desde o princípio. Mateus 19.8).
Lembrando também, que no caso de traição, quem traiu e não se arrependeu e quer continuar fazendo a mesma prática, o traido é autorizado a divorciar, porque não vemos essa situação, principalmente pelo fato de correr risco de pegar doenças, sexualmente transmissíveis, e assim prejudicar "o templo do Espírito Santo"."Quem repudiar sua mulher, não sendo por causa de relações sexuais ilícitas, e casar com outra comete adultério" (Mateus 19:9).

Falsos evangelistas!

Hoje vemos várias pessoas que se transformaram em 'caça - almas' mas algumas dessas pessoas que vivem saindo nas ruas, hospitais, presídios evangelizando, acaba cometendo várias atitudes erradas comparada o que está escrito na Bíblia, tratam mal os seu companheiro, trai, menti, são corruptos e no caso desse estudo se divorciam pelo fato de ao invés de cuidar de sua família ficam por ai entregando folhetinho para as pessoas falando que Deus “Faz milagres”, a Bíblia é bem clara quando diz em Timóteo 5:8 “Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel”.

Esse não é um estudo sobre divórcio, mas só de Oséias, tem muito crente querewndo casar com "descrentes" por causa da história de Oséias, não confundam.
Marcos Pontal

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Resultado parcial da pesquisa feita no Facebook, grupo, Jornal na boca do Povo - de candidatos prefeitos em Pontal - SP

Resultado da pesquisa 2 dias:







Resultado parcial da pesquisa feita no Facebook, grupo,

Jornal na boca do Povo - de prefeitos em Pontal - SP


de 30 de agosto de 2016 ás 00:00 Horas á 2  de


setembro de 2016 ás 00:00 horas





Garnica x Regi Bazan – 54,93 %



André Carneiro x Luciano Stroppa – 27,40 %



Prefere não opinar – 11,10%



Nulo – 1,92 %

Delcide Almeida x Tarcisio Guidi – 1,37 %

 Claudio Jatoba – 1,37 %

Branco – 1,10 %



Indeciso – 0,81 %





OBS: 730 pessoas participaram.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Filme "Os dez mandamentos" é o mais visto da história do Brasil.



O longa-metragem construído a partir das cenas da primeira “novela bíblica” da TV Record chegou ao segundo lugar no ranking dos filmes nacionais mais vistos no cinema brasileiro.

Vejam o Ranking dos filmes brasileiros mais vistos dos cinemas brasileiros (Informações do ranking, site R7):



1° Os Dez Mandamentos (2016) – 11.215.000

2° Tropa de Elite 2 – Agora o inimigo é outro (2010) – 11.204.815

3° Dona Flor e seus dois maridos (1976) – 10.735.524

4° O Ébrio (1946) – 8 milhões
5° Casinha Pequenina (1963) – 8 milhões
6° Jeca Tatu (1959) – 8 milhões

7° A dama do lotação (1978) - 6.508.182
8° Se eu fosse você 2 (2009)- 6.112.851
9° O Trapalhão nas Minas do rei Salomão (1977) – 5.786.226
10° Lúcio Flávio – O passageiro da agonia (1977)- 5.401.325

terça-feira, 5 de abril de 2016

Filme "Os dez mandamentos" é o 2° mais visto da história do Brasil.


O longa-metragem construído a partir das cenas da primeira “novela bíblica” da TV Record chegou ao segundo lugar no
 ranking dos filmes nacionais mais vistos no cinema brasileiro.


Vejam o Ranking dos filmes brasileiros mais vistos dos cinemas brasileiros (Informações do ranking, site R7):



1° Tropa de Elite 2 – Agora o inimigo é outro (2010) – 11.081.199

2° Os Dez Mandamentos (2016) – 10.900.000

3° Dona Flor e seus dois maridos (1976) – 10.735.524

4° O Ébrio (1946) – 8 milhões
5° Casinha Pequenina (1963) – 8 milhões
6° Jeca Tatu (1959) – 8 milhões

7° A dama do lotação (1978) - 6.508.182
8° Se eu fosse você 2 (2009)- 6.112.851
9° O Trapalhão nas Minas do rei Salomão (1977) – 5.786.226
10° Lúcio Flávio – O passageiro da agonia (1977)- 5.401.325