quarta-feira, 8 de março de 2017

CONFLITOS BÍBLICOS: IR NO VELÓRIO X NÃO IR NO VELÓRIO



 No livro de "Eclesiastes" fala que é melhor irmos em uma casa de luto do que em uma festa, mas Jesus disse que é para os mortos enterrarem seus próprios mortos, afinal de contas, será que a Bíblia é um livro em que mostras vários caminhos certos, e você escolhe o caminho que quiser, ou é o livro que mostra só um caminho? Descubra nessa série de estudos.
No livro de Eclesiastes diz: "É melhor ir a uma casa onde há luto do que a uma casa em festa, pois a morte é o destino de todos; os vivos devem levar isso a sério!"
Eclesiastes 7:2, nesse versículo entendemos que seria melhor ir em um velório do que em uma festa, ou também em uma casa que acabou de perder um ente querido, mas Jesus diz: Mas Jesus lhe disse:   Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai. Mas Jesus lhe disse: Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos. Mateus 8: 21-22" nesse entendemos que Jesus disse que é contra ir no velório.
Quando Eclesiastes diz que é bom ir em velório, quer dizer que é uma oportunidade de momento de reflexão, e também é um momento de a pessoa dar apoio aos parentes do falecido (a), tem casos de pessoas que saíram de religiões porque quando perdeu um ente querido os membros da igreja não foram no velório e não deram apoio, algo totalmente errado, devemos ajudar uns aos outros nos momentos difícil "isso é igreja". 
Quando o homem disse que teria que enterrar o pai na verdade o pai não tinha acabado de falecer, já fazia vários anos que ele tinha morrido, é que o corpo estava na sepultura e ele iria tirar o corpo de lá e colocar em um lugar menor, igual acontece no Brasil, repare em que momento algum a Bíblia relata o homem chorando ou triste, deveria estar tinha acabado de perder o pai. Jesus disse aquilo porque sabia que aquele homem não tinha superado a perda do pai, e falou para ele segui - ló para assim ser curado daquele momento de dor.
Assim também é nos dias atuais, várias pessoas atualmente no Brasil estão em depressão porque perderam o ente querido á vários anos atrás, mas Jesus não quer que vivamos uma vida infeliz, devemos superar as perdas, isso faz parte da vida. Jesus morreu na Cruz por nossos pecados e deixou o Espírito Santo, que também é consolador, se você está sofrendo por causa da perda de um ente querido, siga em frente não morra junto com seu parente, peça ajuda a Jesus, peça que o Espírito Santo seja o seu consolador e ajude a superar a perda, e siga em frente com sua vida, porque a vida é curta.
Jesus abençoe a todos.

Veja o vídeo:



A paz, Marcos Pontal.
Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai".
Mas Jesus lhe disse: "Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos".
Mateus 8:21,22
Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai".
Mas Jesus lhe disse: "Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos".
Mateus 8:21,22

quarta-feira, 1 de março de 2017

CONFLITOS BÍBLICOS: A PAZ DO SENHOR X GUERRA DO SENHOR

Vários versículos da Bíblia, muitas das vezes nos confundem, um versículo que aparentemente mostra para seguirmos um caminho outro versículo mostra outra caminho, mas aprenda nessa série de estudos, que na verdade só existe um caminho para seguir, e que a Bíblia não é um livro que você escolhe o caminho que quiser mas um livro que te mostra só um caminho.
No evangelho de João 14:27 diz: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.", porém no livro de Mateus, capítulo 10:34 diz: "Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;" mas em João 16:33 nos diz:"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo."
A paz que está dizendo em
João 14:27 é uma paz interior e não exterior como muitos entendem, em João 16:33 essa guerra são os conflitos de ser cristãos, perseguição, preconceito de ser fiel a palavra, mas mesmo com as perseguições, os cristãos fieis tem uma paz interior, que só Espírito Santo pode nos dar.
O Espírito Santo nos consola nos momentos de perseguição e também de perdas da vida, se você teve uma perda da vida a muitos anos atrás e não consegue aceitar, aceite a perda (porque isso faz parte da vida) e peça a Deus força para seguir em frente, que ele te ajudará.

Veja o vídeo:



A paz, Marcos Pontal.